• News


    Alerta de Publicidade Enganosa

    4 de janeiro de 2022
    Author:


    A Sonangol informa que está a circular, nas redes sociais, uma publicidade enganosa intitulada “Comemoração do 50º aniversário do Grupo Sonangol” que pode infectar os dispositivos móveis com malwares, propiciando o roubo de informações de identidade, como o nome de utilizador e palavra-passe, método conhecido como fishing.

     

    Pelo facto, recomenda-se a quem tenha recebido para não tomar qualquer acção sobre a mensagem, seja clicar nos links, responder questionários ou fornecer informação pessoal, devendo apenas apagá-la imediatamente.

    Fake_Phissing.jpeg

  • News


    Inaugurado Pipeline de JET- A1 do Aeroporto 4 de Fevereiro

    20 de dezembro de 2021
    Author:


    pipeline343.jpg

    Sonangol, por intermédio da sua Unidade de Negócio de Distribuição e Comercialização, procedeu, aos 20 de Dezembro de 2021, à inauguração do pipeline de Jet-A1 que interliga a Instalação de Combustíveis da Boavista 5 ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, numa extensão de 25 km.

    O oleoduto, que permite o enchimento de um tanque de 2.500.000 litros, em apenas 13 horas, contra os 3 dias anteriormente necessários, visa garantir a transferência de Jet-A1, com maior segurança e eficiência melhorando assim, a rede de transportação e distribuição de combustíveis, o que permitirá a diminuição do número de camiões cisternas nas vias, a redução dos acidentes e riscos de derrame do produto e o desincentivo de desvios de combustíveis, benefícios que constituem importantes ganhos para a economia nacional, com particular realce para o processo de abastecimentos das aeronaves em Luanda. 

    Na ocasião, o PCA da Sonangol, Gaspar Martins, observou o quanto este feito irá permitir a Sonangol poupar. “Com a operacionalização da infraestrutura, a Sonangol registará uma redução do custo de transporte de JET-A1 na ordem dos $3.268.422,24, por ano”, salientou.  

    Por seu turno, o Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, que prestigiou o acto, destacou a importância do projecto, referindo que: “Os actuais desafios da Sonangol como principal operadora no segmento downstream e a conclusão de projectos estruturantes, como o que vivenciamos hoje, confirmam o real engajamento do Executivo na modernização das instalações, como um dos pilares da restruturação do sector petrolífero angolano”.

  • News


    Comunicado de Imprensa: Processo da Empresa Bauxite Angola

    17 de dezembro de 2021
    Author:


    A Sonangol tomou conhecimento de informações tornadas públicas, a respeito da empresa Bauxite Angola, uma sociedade de projectos mineiros de bauxite e seus derivados, na qual detém uma participação minoritária de 20% na estrutura accionista. 

     

    Em relação ao tema veiculado, a Sonangol faz saber que está em curso, por parte da estrutura acionistas, um esforço integrado com vista à regularização das questões pendentes, sendo que, a busca pela melhor solução, acautela primariamente pelos direitos dos trabalhadores, salvaguardando igualmente os interesses das demais partes. 

    Não obstante a condição minoritária na sociedade, a Sonangol tem interesse expresso em contribuir para a resolução do tema com a maior brevidade possível. 

    Decorrem no momento encontros de concertação entre os representantes dos accionistas, os trabalhadores e outras partes envolvidas, para a regularização das pendências com os trabalhadores, enquanto, paralelamente, corre o processo para alienação da participação detida pela Sonangol ou a eventual liquidação da sociedade.   

    Dentro dos parâmetros legais permitidos pela sua condição accionista, a Sonangol mantém a abertura ao diálogo, na expectativa de um desfecho a contento das partes intervenientes.


     

  • News


    Concluída aquisição da Pumangol

    16 de dezembro de 2021
    Author:


    puma2.jpeg



    A Sonangol e a Pumangol têm a honra de anunciar a conclusão do processo de venda das suas acções na Puma Energy à Trafigura e a aquisição da Pumangol, conforme anunciado a 16 de Abril deste ano. A conclusão deste processo seguiu os trâmites e aprovações regulatórias necessárias e representa a saída oficial da Sonangol da estrutura accionista da Puma Energy, com a qual a Pumangol e todos os seus activos passam a ser inteira e unicamente detidos pela Sonangol. 

    A saída da Sonangol da estrutura accionista da Puma Energy e a aquisição da Pumangol representam a concretização de um objectivo estratégico da Sonangol e um passo firme no Programa de Privatizações da empresa, bem como significa a aquisição de um reforço ao seu core business de uma empresa rentável e com activos valiosos. 

    Para a Pumangol a conclusão do processo de aquisição representa uma angolanização total do seu accionista, da sua liderança e do seu pessoal. É o início de uma nova jornada onde o legado da era Puma Energy, alicerçado na sua experiência, continuarão a manter a Pumangol pujante e eficiente, adicionando qualidade e valor para o seu accionista, e continuando a prestar um serviço de excelência e uma gama de produtos de alta qualidade aos seus clientes​

  • News


    Reiterado Prazo das Obras da Refinaria de Cabinda

    13 de dezembro de 2021
    Author:


    A primeira fase das obras da Refinaria de Cabinda mantém os prazos iniciais, após ajustes efectuados devido a pandemia, que forçou a paragem de várias indústrias e o fecho de fronteiras entre as economias, prevê-se que entre Abril e Junho, se deva ter fechada a primeira fase das obras e se arranque este projecto de elevado impacto económico.refinariaDECABINDA.jpeg

    Espera-se que durante a primeira fase do projecto, avaliada em 220 milhões de dólares, por uma produção prevista de 30.000 barris diários. Já com a segunda e terceira fases, cujo desenvolvimento totalizará 700 milhões de dólares, a capacidade de refinação aumentará em mais 30.000 barris/dia, passando, deste modo, para 60.000 barris/dia.

    O projecto abrangerá uma área total de 313 hectares, mas na primeira fase ocupará apenas 30 hectares. Localizado a cerca de 3,8 quilómetros da aldeia mais próxima (Malembo), o projecto prevê criar aproximadamente 2.000 empregos directos e indirectos para a comunidade.

    A referida refinaria será construída em três fases, sendo que se prevê o arranque da primeira fase, no primeiro trimestre de 2022, altura em que a mesma já estará em condições de cobrir a demanda de combustíveis no país.

    Recorde-se que, durante a realização do Congresso Mundial de Petróleo, em Houston, a comitiva angolana, chefiada pelo secretário de Estado para o Petróleo e Gás, José Barroso, visitou a unidade fabril onde estão em construção os equipamentos para a refinaria. Na ocasião, renovaram-se as garantias de que tudo se encaminha para que em Março a encomenda seja despachada para Angola, onde se prevê pôr a funcionar já a partir do mês de Abril.​

  • News


    PCA Participa Em Plenária No Congresso Mundial De Petróleos

    8 de dezembro de 2021
    Author:


     

    ​Sob o lema Leading a responsible energy business (Liderar um negócio de energia responsável), o Presidente do Conselho de Administração (PCA), Gaspar Martins, partilhou o palco em plenária, no dia 7 de Dezembro de 2021, em Houston Texas, Estados Unidos da América com os seus homólogos da empresa Americana Weatherford, Girish Saligram e da estatal argentina Yacimientos Petrolíferos Fiscales (YPF) S.A., Sergio Affronti.  

    Ao discursar sobre a experiência da Sonangol no anfiteatro principal da maior cimeira mundial de Oil & Gas, o PCA salientou que "somos uma empresa integrada de petróleo e gás que, durante mais de quatro décadas, desempenhou múltiplos papéis e hoje, fruto do profundo Programa de Reestruturação implementado, com o foco de nos tornarmos mais eficientes, competitivos, robustos e orientados para as nossas áreas centrais de actividades, estamos em transição da tradicional empresa nacional de petróleos (NOC) para nos tornarmos numa Empresa Nacional de Energia (NEC), fortemente comprometida com a sustentabilidade." 

    É com este compromisso em mente que foi criada a Unidade de Negócio de Gás e Energias Renováveis que está envolvida em vários projectos concretos que vão desde o solar aos biocombustíveis, hidrogénio verde e outras fontes de energia renováveis para o quais a Sonangol estima um investimento de mais de 100 milhões de dólares. Outrossim, havendo a necessidade de diversificar a matriz energética do país, com a introdução nos próximos 2 anos de cerca de 450 MW de Energia Solar, para sustentar a produção actual de petróleo e gás e promover a eficiência no processo, reduzir ao mínimo possível as emissões de CO2, a empresa prevê investir cerca de 7,0 mil milhões de dólares nos próximos cinco anos em projectos de exploração e produção.


    O PCA reconheceu, entretanto, a necessidade de atender as questões das mudanças climáticas em todos os projectos e programas do sector, sem deixar de enfatizar a necessidade de uma abordagem equilibrada e que leva em consideração a preocupação do combate à pobreza energética.


    "Faz parte do nosso plano estratégico investir na capacidade de refinação interna, tanto individualmente como em parcerias em Luanda, Lobito, Cabinda e Soyo, de modo a elevar a capacidade nacional de refinação para cerca de 425.000 BOPD (sigla em inglês para barris de petróleo por dia) e assim garantir a autonomia do país para reverter a condição de importador líquido para exportador", enfatizou o PCA.  


    Nesta edição, o Congresso Mundial de Petróleos reúne líderes do sector e de governos de todo o mundo para abordar os avanços tecnológicos no upstream, midstream e downstream, a importância do gás natural e das energias renováveis nos dias de hoje, gestão da indústria e a sua natureza social e económica bem como o impacto ambiental no mundo.


    O Congresso Mundial de Petróleos (na sigla em inglês WPC) encerra as portas à 9 de Dezembro 2021 e está já marcada a sua próxima realização em Calgary, Canadá, em Setembro de 2023.


     

  • News


    Sonangol marca presença na Feira Comercial Intra-Africana

    19 de novembro de 2021
    Author:


     

    A Sonangol faz-se presente na Feira Comercial Intra-Africana (IAFT 2021), fórum de negócios que visa o fomento de investimentos nos mais variados sectores, entre os países que compõem a Zona de Livre Comércio Africana, a decorrer no centro de Convenções Inkosi Albert Luthuli, de 15 a 21 do corrente mês, na cidade de Durban, África do Sul.

    O evento, cuja abertura foi presidida pelo Presidente da África do Sul, Ciril Ramaphosa, teve o dia de hoje, 18 de Novembro, dedicado ao sector petrolífero, com a Sonangol, em destaque, no pavilhão de Angola, onde recebeu, no seu stand,  a visita de distintas figuras como os Secretários de Estado do Comércio e para a Comunicação Social, Amadeu Nunes e Nuno Albino, respectivamente, o Secretário-Geral da Zona de Comércio Livre Continental Africana, Wamkele Mene, o Presidente do Afreximbank, Benedict Oramah, o Ministro congolês para o Comércio Externo, Jean-Lucien Bussa, entre outras entidades nacionais e estrangeiras, investidores e demais interessados.

    A petrolífera nacional, que tem entre os seus objectivos tornar-se uma empresa de referência em África, aproveitou a ocasião para apresentar o panorama actual da companhia, com particular realce para o seu foco no core business, as suas iniciativas ambientais e os activos do PROPRIV, em processo de alienação, que estão a seu cargo, numa prelecção conduzida pelo Director de Qualidade, Segurança, Saúde e Ambiente (DQSSA), Luís Fernandes, e a Coordenadora Adjunta do Grupo de Trabalho do PROPRIV, Daniela Matos.

    A Feira Intra-africana de Comércio, que já vai na sua 2ª edição, prevê albergar actores-chave do mundo do comércio e indústria africana, entre empresas, investidores, representantes de Governos e reguladores, congregados numa plataforma única, com o propósito comum de acelerar o comércio e o investimento no continente, em particular, entre os países que compõem a Zona de Livre Comércio Africana. 

    Foto familia iaft.jpg

  • News


    Sonangol Distinguished In The African Energy Week 2021

    15 de novembro de 2021
    Author:


    Angola.png​Português​

    c2c70580-2ffc-4c00-9228-fd3034252620.JPG​Sonangol was awarded the prize for the best African oil company, in 2021, at the African Energy Week 2021 (AEW), an event that takes place from November 9th to 12th, in Cape Town, South Africa.

     

    The award was received by the Executive Director Osvaldo Inácio who, on behalf of Sonangol, presented the strategy of the national oil company which, "being today one of the main oil & gas companies at continental level, aims to become, proportionally, a reference, in terms of energy, the distinction is a recognition of the steps taken and an incentive to fulfill this objective”, he stressed.

     

    The AEW is the first major event on the energy transition in Africa, allowing the continent's main leaders and companies to objectively address energy transition implementation strategies, namely, the transition to clean and renewable energies and its impact on businesses, the economy and on the transversal development of African societies.

    1.jpg

     

    Sonangol's presence in this important forum reaffirms the company's commitment to the energy transition, positioning itself among the continent's leading companies in the oil sector, in this relevant global issue, in search of solutions and alternatives for the environmental impacts caused by their activities.

  • News


    Gas Returns to Malanje by Train

    15 de novembro de 2021
    Author:


    Angola.png Português​


    The relaunch of rail transport of butane gas, from Luanda to Malanje, after 30 years of interruption, took place today, 11th November, at the Malanje Railway Station, with the symbolic arrival of the locomotive, carrying 400 m3 of the product.

     

    The event was attended by the Governor of Malanje province, Norberto dos Santos, who, as host, performed the honors of the opening, having also had the notable presence of the Luanda Railways Chairman, Júlio Joaquim, of the Chair of Gas and Renewable Energy Business Unit (UNGER), Manuel Barros, among other distinguished guests and company staff.

     

    During the closing of the ceremony, the Chair, Manuel Barros stated that Sonangol, through UNGER, will build in the Kinguila area, a modern facility, with a storage capacity of 400 m3 of gas, and its construction is scheduled to start in the third quarter of 2022. “The purpose of the facility is to increase the storage and delivery volume of the product in Malanje and neighboring provinces”, he highlighted.​

  • News


    SONANGOL features in African Energy Week

    15 de novembro de 2021
    Author:


    Angola.png Português​


    On the celebrated day of Independence, 11th November, Sonangol was featured during the African Energy Week, held in Cape Town, South Africa, in a session exclusively dedicated to the national oil company.

    On the occasion, topics such as the challenges of increasing production, in the context of energy transition, portfolio optimization as a financing solution for the upstream, and renewable energies as alternative sources were addressed, panels that were respectively presented by the Executive Director Osvaldo Inácio, the Chair of the Exploration and Production Business Unit (UNEP), Ricardo Van-Deste, and the Director of Renewable Energies, Paulo Guedes.


    The occasion allowed the interlocutors to enlighten the audience about Sonangol's positioning as a restructured company, with defined strategies to adapt to the challenges of the energy transition, which aroused the wide interest of the audience that swelled on issues, resulting in an active interaction, which culminated in healthy dialogue.


    The session was also attended by representatives of MIREMPET and ANPG, concluding the day of Sonangol and Angola, at the event, in a family atmosphere, with players from the national oil sector, among other distinguished fig

  • News


    Sonangol recebe Certificado de Mérito

    11 de novembro de 2021
    Author:


     

    IMG_1041.PNG

    A Sonangol foi homenageada, recentemente,  com um certificado de mérito, atribuído pela Câmara de Comércio e Indústria de Angola, pelo seu abnegado e exemplar cumprimento regular do pagamento das quotas.

    O acto ocorreu durante a conferência de homenagem, em alusão aos 33 anos da fundação da Câmara de Comércio e Indústria de Angola.


  • News


    Gás Regressa a Malanje de Comboio

    11 de novembro de 2021
    Author:


    Flag_of_Great_Britain_(English_version).pngEnglish​



    O relançamento do transporte ferroviário de gás butano, de Luanda a Malanje, após 33 anos de interregno, teve lugar hoje, 11 de Novembro, nas instalações da Estação dos Caminhos de Ferro de Malanje, com a chegada simbólica da locomotiva, transportando 400 m3 do produto.

    O acontecimento foi prestigiado pelo Governador da província de Malanje, Norberto dos Santos, que, na qualidade de anfitrião, fez as honras da abertura, tendo contado também com as presenças notáveis do PCA dos Caminhos de Ferro de Luanda, Júlio Joaquim, o Director Nacional do Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, Manuel Kandakanda, do PCE da Unidade de Negócio de Gás e Energias Renováveis (UNGER), Manuel Barros, entre outros ilustres convidados e quadros da empresa.

    Durante o encerramento do acto, o PCE Manuel Barros afirmou que a Sonangol, por intermédio da UNGER, vai construir, na zona de Kinguila, uma moderna instalação, com capacidade de armazenagem de 400 m3 de gás, com o início das obras previsto para o terceiro trimestre de 2022. “O objectivo da edificação é aumentar a armazenagem e o volume de entrega do produto em Malanje e províncias limítrofes”, realçou.​

  • News


    Sonangol distinguida na African Energy Week 2021

    10 de novembro de 2021
    Author:


    Flag_of_Great_Britain_(English_version).png English


    c2c70580-2ffc-4c00-9228-fd3034252620.JPG

    A Sonangol foi distinguida com o prémio de melhor empresa africana de petróleos, em 2021, no African Energy Week 2021 (AEW), evento que decorre de 9 a 12 de Novembro, na Cidade do Cabo, África do Sul.

    O galardão foi recebido pelo Administrador Osvaldo Inácio que, em representação da Sonangol, apresentou a estratégia da petrolífera nacional que, “sendo hoje uma das principais companhias de oil & gas, a nível continental, visa transformar-se, proporcionalmente, numa referência, em termos de energia, sendo a distinção um reconhecimento aos passos efectuados e incentivo ao cumprimento deste objetivo”, frisou.


    1.jpg


    O AEW é o primeiro grande evento sobre a transição energética em Africa, permitindo aos principais líderes e empresas do continente, se debruçarem, de forma objectiva, sobre as estratégias de implementação da transição energética, nomeadamente, a passagem para as energias limpas e renováveis e o seu impacto nas empresas, economia e no desenvolvimento transversal das sociedades africanas.

    A presença da Sonangol neste importante fórum reafirma o compromisso da companhia com a transição energética, posicionando-se entre as principais empresas do continente, afectas ao sector petrolífero, neste relevante tema global, em busca de soluções e alternativas para os impactos ambientais, causados pelas suas actividades.​



  • News


    Anúncio de prorrogação de prazos

    3 de novembro de 2021
    Author:



    A SONANGOL E.P. torna público que, nos termos do disposto no n.º 2 do artigo 19º da Lei de Base das Privatizações, prorroga os prazos referentes à:  


    A) Privatização dos Hoteis Centro de Convenções de Talatona e Suite Maianga, publicado através dos concursos públicos n.º 001/2021 e n.º 002/2021, nos seguintes termos: 

    i. Os esclarecimentos necessários à boa execução do concurso podem ser solicitados até às 17 horas do dia 5 de Novembro de 2021, alterando-se assim, o disposto no ponto 5.1 do Programa de Procedimento;

    ii. As candidaturas devem ser entregues até às 17 horas do dia 15 de Novembro de 2021, alterando-se assim o disposto no ponto 15.1 do Programa de Procedimento, no endereço e horário de funcionamento indicados no ponto 2.1;

    iii. As propostas devem ser entregues até às 17 horas do dia 17 de Dezembro de 2021, alterando-se assim o disposto no ponto 24.1 do Programa de Procedimento, no endereço e horário de funcionamento indicados no ponto 2.1;

    iv. Todos os demais prazos que em função da presente alteração devam ser ajustados, consideram-se automaticamente feitos.

    B) Privatização dos Hoteis Florença e Riomar, publicado através do concurso público nº 003/2021, nos seguintes termos: 

    i. Os esclarecimentos necessários à boa execução do concurso, podem ser solicitados até às 17 horas do dia 5 de Novembro de 2021, alterando-se assim, o disposto no ponto 5.1 do Programa de Procedimento;

    ii. As propostas devem ser entregues até às 17 horas do dia 15 de Novembro de 2021, alterando-se assim o disposto no ponto 15.1 do Programa de Procedimento no endereço e horário de funcionamento indicados no ponto 2.1;

    iii. Todos os demais prazos que em função da presente alteração devam ser ajustados, consideram-se automaticamente feitos.

  • News


    Recuperação de créditos na China Sonangol

    30 de outubro de 2021
    Author:


    chinasonangol.jpeg

    Alinhada à estratégia geral do Executivo, a Sonangol iniciou um processo de recuperação de créditos que detém sobre o Grupo China Sonangol (CS), relativos a fundos mutuados historicamente pela Sonangol.

     

    Embora tenha um vasto património no exterior do país, a China Sonangol não tem sido capaz de liquidar a dívida com a Sonangol. Por esta razão, e tendo identificado um conjunto de embarcações já construídas pela China Sonangol em Vigo, no Reino de Espanha, a Sonangol procedeu à sua recuperação mediante compensação parcial com os juros da dívida.

     

    A Sonangol decidiu assim transferir para a esfera do Estado os meios recuperados, para que este os utilize de acordo com as suas necessidades. De referir que entre os meios recuperados pelo mecanismo de compensação de créditos estão seis catamarãs, trinta e três lanchas rápidas e um iate.