• News


    Sonangol recebe segundo navio-sonda

    17 de maio de 2019
    Author:


    ​O navio com 238m de comprimento, tem capacidade de operação em águas profundas, ultra profundas e no pré-sal, e estará disponível a executar trabalhos a nível nacional e internacional. 

    Numa primeira fase este navio vai garantir emprego a cerca de 1.200 trabalhadores, entre nacionais e estrangeiros.
     
    O “Quenguela” foi entregue esta sexta-feira (17 de Maio) em Okpo, na Coreia do Sul, e contou com a presença da Conselheira Especial do Presidente da República, Albina Assis africano que foi madrinha do navio.
     
    Quenguela_bigPic.png
    Na cerimónia estiveram também presentes os Administradores Executivos da Sonangol, Josina Baião e Jorge Vinhas, o Administrador não-executivo José Gime, o vogal da Sonangol P&P, Carlos Figueiredo, o Director Geral da ESSA Fernando Fonseca, o Embaixador de Angola na Coreia do Sul, Albino Malungo, Anton Dibowitz, presidente da Seadrill, representantes das operadoras petrolíferas em Angola e quadros seniores da petrolífera nacional, marcaram igualmente presença, assim como Sung Geun Lee, Presidente da Daewoo Shipbuilding Marine Engineering - "DSME", enquanto anfitrião.
     
    Recorde-se que se em Março do corrente ano a Sonangol recebeu em Busan, Coreia do Sul o navio-sonda Libongos que já se encontra em funcionamento.